Vocês brigam demais? Psicóloga ensina 3 formas de PARAR com isso e voltar a ter paz no namoro

Quando a gente encontra um amor pra chamar de nosso, no começo é tudo mil maravilhas. Ele faz tudo pra te agradar, vocês se dão super bem… Mas aí, a medida que a gente vai se acostumando com o outro e a cegueira do amor (quando a gente bota a pessoa praticamente num pedestal, como se ela não pudesse fazer nada errado!) passa, os defeitinhos que antes não nos incomodavam começam a aparecer e, consequentemente, vocês começam a brigar. A boa notícia é que isso faz parte da rotina de QUALQUER casal (principalmente se vocês estão juntos há bastante tempo) - o problema mesmo é se vocês brigam mais que curtem um ao outro! Pra tentar reverter essa situação, a gente conversou com a psicóloga Priscila Perrota sobre o que leva as pessoas a brigarem e COMO parar com isso. Dá só uma olhada, gata:

#1 - Tem que ficar de olho no que tá causando as brigas

Segundo Priscila, existem vários motivos que levam um casal a brigar: monotonia, falta de compromisso, opiniões diferentes, infidelidade (que aí já é uma bola fora que não tem volta pra muita gente), intromissão da família… enfim, são muitos! O importante é perceber o que é que tá levando a essas brigas.

#2 - Reconhecer o problema é fundamental

Num relacionamento, é fundamental levar em consideração o que o parceiro tá sentindo e vice-versa. Então, se ele comentar sobre algo que não anda agradando, nada de fingir que não é com você, viu? “Há um remédio para qualquer tipo de erro: reconhecê-lo. Errar é humano, reconhecer o erro é amadurecimento,” diz a psicóloga. “O erro é suportável, o que mais fere de fato é a persistência nele”.

#3 - Tem que analisar se essa relação ainda tá valendo a pena

É aquela coisa: enquanto tiver te fazendo bem, tá valendo a pena! A Priscila mesmo é defensora disso e recomenda repensar os prós e contras na hora de decidir o que é melhor pra vocês: “Se um casal quer ficar junto, mas a relação está desgastada pelas constantes brigas, vale colocar na balança os pontos positivos e negativos dessa relação e analisar o que está pesando mais,” contou. Se vocês decidirem que o melhor mesmo é partir pra outra, pode ficar sabendo que não tem nada de errado nisso não, viu? “Fugir ou ir adiando uma situação que não está mais favorável não é uma boa saída”, diz - e a gente aqui concorda em alto e bom som!

Outra briga que muita gente tem é com o cabelo - aquele famoso "bad hair day". Mas, adivinhe: dá pra vocês se acertarem de uma vez por todas também! Dá só uma olhada no que essas mulheres fazem quando o cabelo simplesmente não quer colaborar e diga TCHAU pro drama do cabelo com vida própria.

Publicado em: Terça-feira 25 de abril de 2017 - 20h00

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa

#GarnierBrasil

GarnierBrasil
Ir para o topo