Você sabe o que é transição capilar? E big chop ou scab hair? Entenda tudo sobre esse assunto!

Se você não mora em outro planeta e costuma cuidar das madeixas, já deve ter ouvido falar de transição capilar, não importa se tem o cabelo liso, cacheado, crespo ou ondulado. Mas como “ouvir falar” é bem diferente de conhecer e saber exatamente o que uma coisa é, fica aqui o questionamento: você SABE o que é transição capilar? E big chop, tem noção do que seja? E se a sua resposta pra essas duas primeiras perguntas foi não, a gente não vai nem te perguntar do famigerado scab hair. Mas sabe qual é a boa de hoje? No final dessa matéria você vai ser uma EXPERT em transição capilar, mana! Vem cá que a gente vai te explicar essas tretas todas!

A transição capilar é o começo de tudo

Você já deve ter percebido andando pela rua que a quantidade de mulheres que tão desfilando por aí com a cabeleira cacheada ou crespa deu aquela aumentada, né não [isso refletiu até nas buscas do Google]? Tem gente que fala que os cachos tão na moda assim como a progressiva foi uma febre há uns anos, mas é muito mais do que isso. É a transição capilar, mulher! Esse é o nome do processo em que a mulherada que alisava e relaxava os cabelos cacheados e crespos para de fazer químicas no cabelo pra deixar ele crescer lindo, livre, leve, solto e NATURAL. Entendeu o geral? Então vamo falar dos detalhes!

Vale tudo pra conseguir esses cachos lindos <3

(Fonte: Naturally Curly)

Durante a transição, chega a hora de encarar as texturizações

A fase de esperar raiz natural crescer com as pontas ainda alisadas é a parte mais complicada pra quem tá passando pela transição porque o cabelo fica, literalmente, com duas texturas. Pra disfarçar isso aí, não é muito bom que se alise o cabelo manualmente com a chapinha porque isso pode danificar permanentemente os fios que tão nascendo. O que mais se indica no mundo das cacheadas pra esse momento são as texturizações: elas são técnicas usadas pra cachear a parte lisa do cabelo sem calor e deixar as pontas iguais ou, pelo menos, mais parecidas com a raiz natural.  

Tudo começa deixando a química pra trás e termina no big chop

A transição não tem um período determinado de tempo pra durar, mas em 98% dos casos ela acaba no big chop [tem gente que consegue passar por isso sem ele]. Depois de deixar a raiz crescer pelo tempo necessário - que é diferente pra cada mulher e pode durar de meses a anos -, chega a hora de passar a tesoura e eliminar, finalmente, todas as pontinhas lisas. Esse é o big chop ou “grande corte”, em português. Tem uma galera que MORRE de medo de encarar o BC, como é carinhosamente apelidado pelas cacheadas de plantão, mas a gente só pode dizer que enfrentar isso tudo vale a pena: a sensação de liberdade que vem depois é SEN-SA-CIO-NAL!

Pra algumas pessoas, depois do big chop vem o scab hair

Tem gente que finaliza a saga da transição capilar no momento em que corta o cabelo e se livra das pontas com química, mas tem uma galera que ainda precisa enfrentar um problema: o scab hair. Acontece que os fios que cresceram enquanto essas mulheres estavam em transição estão fragilizados por conta da química que ainda tá presente no couro cabeludo. Por isso, eles ficam super ressecados e totalmente sem definição. O scab hair é REI em dar um susto na mulherada que acabou de passar pela transição e acha que o cabelo vai ficar pra sempre assim, mas essa tá longe de ser a realidade. Cuidando bastante, em pouco tempo esse cabelo se acostuma a ser bem tratado e deixa esses dias tensos pra trás. É tudo uma questão de paciência e espera!

Publicado por: Ariel Cristina Borges  

Publicado em: Quinta-feira 14 de setembro de 2017 - 18h07

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa

#GarnierBrasil

GarnierBrasil
Ir para o topo