Transição capilar: dicas da Lellêzinha e Lucy Ramos sobre texturização, big chop e mais!

Só quem já passou pela transição capilar sabe como é difícil exercitar a paciência vendo o cabelo crescer com a raiz natural e ainda ter as pontinhas lisas, né? No final não é só o cabelo que fica diferente, não: depois da transição, o estilo muda, a gente ganha confiança, autoestima e não tem UMA pessoa que não perceba, mas o durante... é difícil PRA CARACA! As nossas divas ma-ra-vi-lho-sas Lucy Ramos e Lellêzinha sabem bem o que é esse processo todo e deram umas dicas MARA pra você passar por isso e AGUENTAR FIRME!

O melhor amigo da Lucy era o babyliss!

Pra conseguir lidar com as texturas diferentes de cabelo sem surtar, as minas em transição se jogam nas texturizações da vida [o dedoliss e os bigudinhos são algumas das principais!] - tudo pra tentar criar um cachinho onde ainda não tem. Quando a Lucy tava passando por isso, o bff dela era o babyliss! “Se eu quisesse usar o cabelo solto num evento, precisava usar o baby pra chegar no cacho que eu queria mesmo com as pontas alisadas. Hoje eu já consegui me libertar até do babyliss, mas de vez em quando ainda uso pra ficar diferente”. Pra quem quer seguir a dica da nossa musa, a gente só deixa um conselho: sabe aqueles erros que muita gente comete na hora de usar a chapinha? Eles também servem pro babyliss, então toma cuidado pra não danificar o seu cabelo, tá?

Pra ficar com um look diferente, a Lellê fez luzes no cabelo

Quando a Lellêzinha entrou na transição, passou por aquele momento TENSO de não se reconhecer no espelho com o cabelo cacheado e super curtinho #quemnunca. “Tudo o que eu queria era ficar dentro de casa, mas eu não podia, tinha que ir pra escola e estava me achando muito diferente pra isso. Então eu pensei: ‘já que é pra ficar mudar, vamo fazer direito!’, fui pro salão e fiz as luzes”. Isso deu super certo pra ajudar a dar uma levantada na autoestima da Lellê nessa fase complicada e também pode te ajudar: é só ficar ligada com os cuidados que ascacheadas com luzes loiras precisam ter, ok?

Você precisa descobrir o que vai funcionar pra você!

Fazer texturização, usar babyliss, pintar o cabelo ou raspar a cabeça toda pra deixar a jubinha cacheada crescer: a transição é barra pesada mesmo e só você sabe o que vai ser melhor pra passar por ela! Olha só essa dica da Lucy: “Como tudo na vida, o importante é ter paciência que o resultado vai valer a pena. Ninguém entende esse caminho mais longo que você tá pegando, mas quando você chega lá na frente, poderosa, as pessoas que te olharam torto vão te elogiar!”. A Lellê ainda continuou: “O que você acredita se encaixa perfeitamente pra você e ninguém mais no mundo vai entender isso, então faz o que você precisar pra se sentir bem”. Entendeu, né, miga? Fica firme aí que daqui a um tempo você vai estar LA-CRA-DO-RA que nem elas duas! 

Publicado em: Sexta-feira 21 de Outubro de 2016 - 11h42

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa

#GarnierBrasil

GarnierBrasil
Ir para o topo