Quem nunca pediu uma coisa no salão e acabou com outra? Essas 6 mulheres passaram por isso ATÉ NO CASAMENTO =(

Quando a gente quer inventar moda no cabelo e não nasceu com o dom de se virar em casa, o nosso primeiro instinto é ir pro salão e pedir ajuda pra quem entende das coisas, né? Seja pra fazer um penteado pra alguma festa, pintar ou cortar, se garantir com um profissional (e pagar pra isso) deveria dar a certeza de um resultado bom, mas… nem sempre, né? As mulheres das histórias aí de baixo, infelizmente, sabem bem disso e contaram seus dramas de beleza pra gente. Vem cá ver o que rolou com elas (e pra participar de outras matérias aqui do Sempre Pronta, fica ligada no Instagram @garnierbrasil!).

Camila Oliveira (@camilaoliiveir): “não testei meu penteado de casamento antes do dia e…”

  • A Camila não se preparou antes e acabou ficando com um penteado que não queria no dia do casamento!

    A Camila não se preparou antes e acabou ficando com um penteado que não queria no dia do casamento!

  • Hoje em dia, a Camila tá um ARRASO, né?

    Hoje em dia, a Camila tá um ARRASO, né?

  • A Camila não se preparou antes e acabou ficando com um penteado que não queria no dia do casamento!
  • Hoje em dia, a Camila tá um ARRASO, né?

A gente SONHA em ter o penteado perfeito quando for casar, mas a Camila deu azar e a treta dela rolou, justamente, no dia de noiva. “Quando resolvi me casar, tudo aconteceu em mais ou menos um mês. Me preocupei com vestido, decoração, buffet e acabei deixando o cabelo de lado. Uma semana antes fui correr atrás de cabeleireira, só que moro em cidade pequena e tinham mais dois casamentos no mesmo dia, ou seja: os salões estavam cheios! Acabei fazendo em um perto de casa (sem testar antes!) e descobri, no dia, que a cabeleireira não sabia usar os arranjos de cabeça que eu tinha levado. Ela usou um que já tinha por lá e ficou horrível! Não revelei nenhuma foto do meu casamento por causa disso”. O que a gente pode tirar de lição da história da Camila? Que NÃO DÁ pra casar sem testar o penteado antes!

Thalita Cruz (@euthalitacruz ): “meu penteado de noiva só ficou bom quando eu ajudei a cabeleireira”

A Thalita conseguiu o penteado que queria... mas depois de tentar MUITO!

Imagina só que você tá UMA PILHA de nervos, prestes a mudar oficialmente de estado civil, não consegue nem assimilar direito tudo o que tá rolando ao seu redor e ainda precisa ajudar a cabeleireira a fazer seu penteado. Foi exatamente isso que aconteceu com a Thalita! “Passei meu dia da noiva num salão com vários profissionais cuidando de mim e foi tudo ótimo até a hora do cabelo. Mesmo tendo feito o teste uns dias antes, a cabeleireira não conseguia acertar! Ela fez a primeira vez, eu odiei e pedi pra refazer. Na segunda vez também não ficou bom, aí na terceira e com a minha ajuda o penteado saiu do jeito que eu queria. Fiquei trêmula, mas passou e eu casei do jeito que sempre sonhei!”. #tenso

Jéssica Alves (@jejessicaalves): “as cabeleireiras não souberam fazer nenhum dos 3 penteados que eu levei!”

  • A frustração da Jéssica foi tão grande que ela quase não tem mais fotos desse dia!

    A frustração da Jéssica foi tão grande que ela quase não tem mais fotos desse dia!

  • A Jéssica é tão maravilhosa que fica até difícil entender como conseguiram deixar o penteado dela ruim!

    A Jéssica é tão maravilhosa que fica até difícil entender como conseguiram deixar o penteado dela ruim!

  • A frustração da Jéssica foi tão grande que ela quase não tem mais fotos desse dia!
  • A Jéssica é tão maravilhosa que fica até difícil entender como conseguiram deixar o penteado dela ruim!

Madrinha não é noiva, mas isso não quer dizer que o penteado dela também não é importante. A Jéssica ia ser testemunha no casório de uma amiga (justo aquela que assina os papéis e ganha mais destaque) e se preparou toda… mas as coisas não deram muito certo. “No dia do teste, eu levei três penteados diferentes e as duas cabeleireiras não sabiam fazer nenhum deles. Escolhemos outro modelo e ficou lindo! Mas no dia do casamento mesmo, não foi bem assim. Lavei o cabelo um dia antes pros cachos de babyliss não se desfazerem com tanta facilidade e não precisar de tanto fixador, mas elas disseram que só sabiam fazer se o cabelo tivesse preparado com uma escova antes, aí lavaram de novo. No fim das contas elas economizaram no fixador e os cachos ficaram super minguados, mas como já tava mais atrasada que a noiva, não pude fazer nada. Fui me sentindo horrível. Antes tivesse feito eu mesma, em casa!”. Pra completar esse dia extremamente agradável, as cabeleireiras ainda cobraram mais que o combinado com a Jéssica, dá pra acreditar?

Dani Dias (@ddanidiass): “a cabeleireira não quis fazer o teste do penteado na minha formatura!”

  • Com a Dani, a treta foi tão grande que ela nem tem fotos da formatura de ensino médio!

    Com a Dani, a treta foi tão grande que ela nem tem fotos da formatura de ensino médio!

  • Eles apenas erraram o penteado dela TODO!

    Eles apenas erraram o penteado dela TODO!

  • Com a Dani, a treta foi tão grande que ela nem tem fotos da formatura de ensino médio!
  • Eles apenas erraram o penteado dela TODO!

Se tem uma coisa que dá pra gente aprender com a história da Dani é: quando a cabeleireira não quiser fazer o teste do seu penteado, você tem todo o direito de NÃO QUERER fazer o penteado com ela! “Achei o penteado que eu queria numa revista e levei pra cabeleireira ver, mas ela não quis fazer o teste. No dia da minha formatura do ensino médio, não sei se ela não soube fazer igual ou se o estilo não combinava comigo mesmo... só sei que ficou horrível! O pior é que eu não tinha tempo de fazer outro. Fiquei tão chateada que nem busquei o álbum de fotos com o fotógrafo, mas, graças a Deus, na formatura da faculdade eu escolhi outra pessoa e deu tudo certo!”.

Luh Germana (@luhhgermana): “pedi pra cabeleireira aparar as pontas… meu cabelo parou nos ombros!”

  • A Luh só queria dar uma aparadinha nas pontas... quem nunca, né?

    A Luh só queria dar uma aparadinha nas pontas... quem nunca, né?

  • O que a Luh gosta MESMO é do cabelão!

    O que a Luh gosta MESMO é do cabelão!

  • A Luh só queria dar uma aparadinha nas pontas... quem nunca, né?
  • O que a Luh gosta MESMO é do cabelão!

Quem nunca teve que lidar com cabeleireiro exagerado na hora de cortar o cabelo, já pode se considerar uma pessoa sortuda. A treta da Luh foi exatamente essa, mas ela acha que a moça do salão fez de propósito! “Fui no salão só pra cortar as pontinhas do cabelo, mas quando cheguei lá, a cabeleireira já disse que eu ia precisar fazer chapinha antes. Quando disse que não, ela parou de insistir, mas descontou no corte: ao invés de aparar, ela cortou meu cabelo no ombro e, até hoje, minha franja não cresceu direito”.

Edijane Ferreira (@edijanefst): “queria mechas californianas e fiquei com luzes desde a raiz”

  • O período loiro da Edijane foi tão curto que essa foi a única foto que ela tirou (e dá pra ver que isso tá LONGE de ser uma californiana, né não?)

    O período loiro da Edijane foi tão curto que essa foi a única foto que ela tirou (e dá pra ver que isso tá LONGE de ser uma californiana, né não?)

  • A Edijane fica um LACRE com a cor natural, né?

    A Edijane fica um LACRE com a cor natural, né?

  • O período loiro da Edijane foi tão curto que essa foi a única foto que ela tirou (e dá pra ver que isso tá LONGE de ser uma californiana, né não?)
  • A Edijane fica um LACRE com a cor natural, né?

Com a Edijane, o problema deve ter sido na comunicação mesmo, porque NÃO É POSSÍVEL. Ela chegou no salão com uma revista mostrando a inspiração pra cabeleireira, mas nem assim as coisas funcionaram... “Um belo dia eu resolvi mudar o cabelo: queria ficar lisa e loira. Pra não clarear tanto de cara, pensei em fazer mechas californianas só nas pontinhas do cabelo e fui super empolgada pro salão. A cabeleireira disse que ia ficar lindo, mas ao invés de conseguir o resultado que eu queria, fiquei com luzes que começavam na raiz! Pra piorar, depois da primeira lavagem vi que meu cabelo tava com uma mecha loira logo na frente. Assim que deu, fui na loja, comprei uma coloração da minha cor natural e nunca mais tentei ser loira na vida!”.

Depois de um PEQUENO erro desses, a gente SUPER entende o seu trauma, Edijane! Mas não vale ficar com medo pro resto da vida, né? Nem todo profissional vai fazer um desastre desses e, como em qualquer profissão, existem pessoas boas e ruins no que fazem. O negócio é pesquisar bastaaante, olhar o Instagram do cabeleireiro pra ver o que ele já fez nas clientes, gastar horas conversando com ele sobre o que você quer e, principalmente, TESTAR antes.

Publicado em: Sexta-feira 17 de fevereiro de 2017 - 17h01

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa

#GarnierBrasil

GarnierBrasil
Ir para o topo