O segredo de fazer chapinha SEM QUEBRAR o cabelo tá aqui: um guia completo pra um liso perfeito

Toda lisa absoluta que se preze tem uma chapinha pra chamar de sua, mas essa relação aí é de amor e ódio: ao mesmo tempo que nada deixa o nosso liso tão perfeito quanto ela, essa traíra faz surgir pontas duplas, fios quebrados e pode danificar o cabelo de uma forma TENSA. Pra vocês fazerem as pazes, o negócio é ter o maior cuidado possível na hora de usar essa ferramenta de calor: vem com a gente porque liso escorridinho "E" saudável é possível, sim. 

É no banho que começa uma boa chapinha 

  • .

    .

  • .

    .

  • .

    .

  • .
  • .
  • .

Fazer chapinha em um cabelo que já tá ressecado demora 50 vezes mais do que em um que está todo "molinho" depois de uma BOA hidratação. E quanto mais você demora passando aquele calor no cabelo, mais ele vai danificar! A gente já falou por aqui que os óleos são essenciais pra deixar o seu liso d-e-s-m-a-i-a-d-o no banho e é num desses que você deve apostar pra tratar o cabelo antes de fazer chapinha. 

Nem pensa em fazer chapinha sem usar protetor térmico 

Como o nome já diz, esse tipo de produto protege o cabelo contra os danos do calor e isso inclui a temida quebra, que acontece quando o cabelo é queimado pela chapinha. O Super Óleo Liso Marroquino, da Garnier, tem termoproteção até 230° C e é potente na hora de blindar os fios pra eles continuarem saudáveis. Esse tipo de produto também facilita a escova ou o deslizamento da chapinha e, consequentemente, faz com que o cabelo estrague menos. Fora o resultado final da coisa toda, que já contaram pra gente que é bapho! 

Não passe a chapinha em mechas muito finas 

.

Fonte: Popsugar

Quanto mais fina a mecha, mais lisinho o nosso cabelo fica, né? Mas não cai nessa não porque, se o cabelo for muito pouco, a quantidade de calor vai ser demais pra ele e aí quebra na h-o-r-a. O ideal é que a mecha tenha de 2 a 3 dedos. 

Prefira as chapinhas de cerâmica 

Quem é das antigas deve lembrar que as primeiras chapinhas que surgiram no mercado eram de ferro e aquilo quebra que é uma beleza! Hoje em dia o que existe de melhor no quesito "preço e proteção" são as chapinhas de cerâmica: elas esquentam bem, o que significa que você não vai precisar passando várias vezes na mesma mecha (isso quebra demais!) e deslizam super fácil. 

Não deixe a temperatura da chapinha passar de 180 graus 

Tudo bem que a gente falou que tudo o que você puder fazer pra chapinha andar mais rápido e ficar menos tempo em contato com o cabelo é bom, mas isso NÃO INCLUI deixar ela mais quente do que deve. Se o seu aparelho estiver funcionando direitinho, a temperatura de 180 graus é suficiente pra alisar BEM: ultrapassar isso vai, literalmente, fritar os seus fios. 

Aconteça o que acontecer, NÃO PARE no meio da mecha 

.

Fonte: Giphy

Pra chapinha não estragar o cabelo, a gente tem que passar ela da raiz às pontas num movimento só. Se você parar no meio, nem que seja por alguns segundos, o risco do cabelo quebrar naquela área é enorme. Então lembre-se: mesmo que você tenha que passar a chapinha mais uma vez pra consertar um amassado, isso vai ser melhor do que deixar o aparelho parado naquela região.

Publicado em: Terça-feira 21 de março de 2017 - 16h27

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa

#GarnierBrasil

GarnierBrasil
Ir para o topo