Ele faz os cortes de cabelo cacheado mais IMPRESSIONANTES que você já viu. Conheça o trabalho do Rodrigo Vizu!

Taí um dilema na vida de 9 em cada 10 cacheadas: encontrar alguém de confiança pra entregar os cachinhos quando eles tão precisando de um corte [até porque, o que a gente quer mesmo é que eles cresçam!]. Até tomar uma decisão, a gente pede opinião, vai ao salão, olha os cortes que a pessoa já fez e fuça MUITO na internet. Foi fazendo isso que a gente descobriu e ficou babando no trabalho do Rodrigo Vizu, profissional que já virou queridinho do povo dos cachos. O Instagram do cara (@rodrigovizu) tá lotado de antes e depois que são de C-A-I-R o queixo.

  • A cara de mal é só fachada: o Rodrigo manda super bem e faz as clientes levantarem da cadeira mega felizes!

    A cara de mal é só fachada: o Rodrigo manda super bem e faz as clientes levantarem da cadeira mega felizes!

  • Tchau, transição: o Rodrigo é especialista nesse tipo de corte!

    Tchau, transição: o Rodrigo é especialista nesse tipo de corte!

  • Ela deixou o cabelo crescer pra doar e ficou um absurdo de lindeza!

    Ela deixou o cabelo crescer pra doar e ficou um absurdo de lindeza!

  • A gente ama volume? SIM, SENHORA!

    A gente ama volume? SIM, SENHORA!

  • Depois dessa, a gente se pergunta: Rodrigo usa tesoura ou varinha de condão?

    Depois dessa, a gente se pergunta: Rodrigo usa tesoura ou varinha de condão?

  • A cara de mal é só fachada: o Rodrigo manda super bem e faz as clientes levantarem da cadeira mega felizes!
  • Tchau, transição: o Rodrigo é especialista nesse tipo de corte!
  • Ela deixou o cabelo crescer pra doar e ficou um absurdo de lindeza!
  • A gente ama volume? SIM, SENHORA!
  • Depois dessa, a gente se pergunta: Rodrigo usa tesoura ou varinha de condão?

Pra mágica acontecer, ele precisa de mais do que técnica

É só dar uma passada no feed desse menino que um “como ele consegue??” passa pela nossa cabeça automaticamente. Além dos cortes lindos, é bem comum encontrar comentários das clientes dizendo que tão super satisfeitas, e o segredo tá num simples detalhe: elas sempre têm a vontade respeitada na cadeira do Rodrigo. “É bem comum que as clientes cheguem com medo de cortar (cacheada morre de medo que demore pra crescer, né?) e, quando isso acontece, eu não me esforço pra tranquilizar. Se eu influenciar, pode ser que elas não gostem do resultado final porque a decisão partiu de mim, e não delas. Quando sinto que a pessoa não tá preparada, eu nem corto”. Ou seja: nada de chegar no salão com uma vontade, conversar com o cabeleireiro e acabar saindo totalmente diferente sem a sua permissão!

O corte precisa ser A SUA CARA por dentro e por fora

Outra maneira de ter certeza que o corte vai dar certo, é acertar todos os detalhes na conversa antes do momento da tesoura chegar. Mais do que uma questão de 'qual corte vai cair melhor em cada formato de rosto', é importante que o corte combine com a sua personalidade e o Rodrigo sabe bem disso. “Eu geralmente entrevisto as meninas antes de lavar os cabelos e tento entender sobre quem elas são e o que procuram passar com eles. É muito comum que elas tragam referências e é interessante quando isso acontece. A gente percebe o que elas gostam, mas em vários casos o resultado final é outro, porque eu procuro mostrar as possíveis diferenças entre as expectativas e a realidade antes de passar a tesoura”. Assim realmente fica mais fácil de se amar com o resultado final da mudança, né não? De tanto que acerta, o Rodrigo contou que os colegar brincam que ele é mais psicólogo do que cabeleireiro: "todo dia eu faço alguém chorar por mostrar como os seus cabelos são de verdade", disse. A gente tá querendo agendar um corte A-G-O-R-A!

Não foi de uma hora pra outra que ele ficou bom nos cachos

Todo mundo pode passar por poucas e nada boas quando vai se aventurar na cadeira do cabeleireiro, mas, no caso das cacheadas, a falta de preparação por parte de muitos profissionais é o que mais complica. E é justamente esse o diferencial do Rodrigo: “Sempre me neguei a alisar. Mas como ainda me faltava conhecimento sobre cabelos cacheados e crespos, tive que estudar muito pra entender como eles funcionavam”. De tanto suar pra aprender o que é melhor pra nossa cabeleira, foi só fazer uns posts legais de antes e depois no Instagram que ele começou a ter a visibilidade (super merecida) que tá tendo agora: “é legal ter o trabalho reconhecido, mas, mesmo assim, eu não acredito que seja tão difícil fazer o que faço. Acho bem ruim ter tantos cabeleireiros que não saibam cortar e finalizar um cabelo cacheado num país tão diversificado como o nosso". Mas, pelo menos, já dá pra ver a mudança começando a acontecer, né?

Publicado em: Terça-feira 14 de março de 2017 - 18h00

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa
Ir para o topo