Decidi viajar sozinha e foi a melhor coisa que eu poderia ter feito por mim mesma

"Ultimamente a internet tem sido bombardeada com dezenas de textos incentivando mulheres a tentarem fazer uma lista de coisas sozinhas, entre elas viajar. Eu decidi seguir o conselho dessas mulheres anônimas pela internet e de algumas amigas que também se aventuraram em tirar uma folga sem nenhuma companhia. Quando disse que iria passar 20 dias viajando pela Bahia sozinha [o nordeste é MARA, mas se quiser ir pro Sul do país, a gente fez um roteiro baratinho aqui], meus pais ficaram estarrecidos e alguns amigos me chamaram de corajosa. Eu achei engraçado me considerarem corajosa por decidir viajar por um lugar maravilhoso, comendo comidas que eu amo, vendo paisagens perfeitas e encontrando gente interessante pelo caminho, mas entendo a qual ‘coragem’ eles se referiam. Ser mulher no mundo significa viver com um alvo na cabeça já que somos vítimas de tanta crueldade por todo lado. Eu sempre evitei deixar o medo definir as minhas decisões, mas sempre agi com cautela e com essa viagem sozinha eu segui esse mesmo pensamento.

Quem precisa de companhia num lugar desses? Se joga na estrada, mulher!

Posso listar o número de coisas importantes na hora de pensar em viajar sozinha:

1 - Pesquise profundamente o local de destino. Planejei o meu roteiro passando por Salvador, Chapada Diamantina, Ilha de Boipeba e Morro de São Paulo. Eu busquei conversar com pessoas que já tinham ido pra todos esses lugares pra entender como era a segurança local pra mulheres, se era tranquilo etc. Fora isso, leia recomendações recentes de blogs, entre em fóruns... se torne perita no lugar que você tem vontade de ir.

2 - Evite situações muito arriscadas. O maior risco da sua viagem é você já estar sozinha, portanto, precauções são sempre bem-vindas. Evite riscos desnecessários.

3 - Esteja sempre munida dos seus livros e músicas favoritas. Eu entupi o meu Kindle de livros, meu Spotify de música e fui viajar acreditando que passaria 20 dias sozinha com meus pensamentos. Estava redondamente enganada, em todos lugares que eu fui eu fiz amizades que me divertiram e transformaram minha viagem em algo mais mágico ainda. Mas, se você acabar sozinha, vai ter os seus personagens e sons preferidos para curtir nas melhores paisagens.

4 - Escolha albergues. Muita gente não gosta de albergues por uma questão de conforto, mas garanto que é a melhor escolha se você quer viajar sozinha, independentemente da sua idade. Você vai esbarrar com muitas pessoas bacanas dispostas a trocar ideias e que têm grande potencial de ser um companheiro de aventuras por um dia.

5 - Vá com o coração aberto. Se você for disposto a não conversar com ninguém e ficar na sua, pode perder a chance de descobrir histórias incríveis e trocar experiências com muitas pessoas maravilhosas. Você não precisa ser a Miss Simpatia, mas ter uma disposição pra conversar sem medo com os outros vai melhorar em muitos por cento a sua viagem.

O mais interessante que eu observei durante toda a minha viagem foi a quantidade de mulheres que estão viajando sozinhas pelo mundo. O número era muito superior ao de homens, mesmo sendo mais ‘perigoso’ para elas. Era mulher que ia para a Chapada só pra fazer trekking de 5 dias, mulher que decidiu sair da rotina pra passar um mês em Boipeba, resolveu descobrir o que é ‘mochilar’ pelo próprio país. Os exemplos de mulheres, de nacionalidades e histórias completamente diferentes, que estavam viajando sem depender de ninguém era enorme. Parece que não tem mais nada que impeça as mulheres de fazer algo mesmo ;)

Se conselho fosse bom a gente não dava, né? MENTIRA! Conselho é bom demais! Vai viajar sozinha sim! Eu amo muito viajar com os meus amigos, a minha vida toda eu sempre andei em bando, com muita gente perto de mim e amo viver assim. Mas também é maravilhoso poder controlar o seu tempo de acordo com as suas vontades [chega de se atrasar na hora de sair e ter 15 pessoas batendo na sua porta!!!], decidir um novo caminho porque você simplesmente quer, passar mais ou menos tempo em um lugar só porque te deu na telha. Se você tá com dinheiro guardado e sem companhia para fazer o rolé dos seus sonhos, não tenha dúvidas: bota a mochila nas costas e vai conhecer o mundo acompanhada de você mesma que vai ser a melhor coisa que você pode fazer por você."

Camila Paula, 25 anos.

Rio de Janeiro.

Depois desse papo com a Camila deu vontade de pegar a mochila agora e viajar, né? Então clica aqui pra saber o que colocar dentro dela pra cuidar do cabelitcho nesses dias fora de casa.

Publicado em: Terça-feira 26 de julho de 2016 - 15h13

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa

#GarnierBrasil

GarnierBrasil
Ir para o topo