Arraso da Semana: a Cris Magaldi contou tudo sobre os cuidados com os cachos coloridos

Tem cacheada do poder brilhando no nosso Arraso da Semana sim ou claro? A vencedora do último duelo que a gente colocou por aqui foi a linda da Cris Magaldi (@crismagaldiblog) e a gente conversou com ela sobre tudo o que ela faz pra manter a saúde das madeixas cacheadinhas mesmo usando coloração nos fios. Vem conferir o que ela contou!

Como era o seu cabelo na infância? Até os meus 7, 8 anos, ele era natural, cacheado mais aberto e num castanho bem claro. A partir dessa idade, a minha mãe começou a escovar e pranchar, porque dava menos trabalho para ela cuidar na hora de me arrumar para o colégio. Mas ela fazia isso porque eu não me sentia bem com o cabelo que eu tinha.

Qual foi a maior mudança que você já fez nele? Com certeza, ter feito a transição. Primeiro porque ninguém esperava que eu fosse voltar a ter o meu cabelo natural, nem eu mesma.

Qual mudança que você sempre quis fazer, mas ainda não teve coragem? Acredito que pintar de ruivo. Já até pintei de vermelho, mas era bem fechado e eu ainda estava com o cabelo alisado.

  • A nutrição é o tratamento preferido da Cris com as madeixas

    A nutrição é o tratamento preferido da Cris com as madeixas

  • Pra definir os cachinhos, a finalização preferida dela é a fitagem

    Pra definir os cachinhos, a finalização preferida dela é a fitagem

  • A frequência de lavagem dos fios da Cris é de dois em dois dias

    A frequência de lavagem dos fios da Cris é de dois em dois dias

  • A reconstrução não pode faltar na rotina de tratamentos da Cris

    A reconstrução não pode faltar na rotina de tratamentos da Cris

  • A maior mudança que a Cris já fez foi a transição capilar: e ela ficou muito bem com os cachinhos, né não?

    A maior mudança que a Cris já fez foi a transição capilar: e ela ficou muito bem com os cachinhos, né não?

  • A nutrição é o tratamento preferido da Cris com as madeixas
  • Pra definir os cachinhos, a finalização preferida dela é a fitagem
  • A frequência de lavagem dos fios da Cris é de dois em dois dias
  • A reconstrução não pode faltar na rotina de tratamentos da Cris
  • A maior mudança que a Cris já fez foi a transição capilar: e ela ficou muito bem com os cachinhos, né não?

Lava quantas vezes por semana? Lavo no máximo 2x por semana. Primeiro porque normalmente os meus day afters duram uns 3 dias e segundo porque quando lavo em excesso, sinto que o meu cabelo resseca mais. E nada como um turbante. um penteado ou algo do tipo para salvar e segurar por mais tempo o cabelo, rs.

Usa que tipo de produto/técnica pra finalizar? Gosto de finalizadores mais suaves, porque assim consigo definir o meu cacho e ter o volume que eu amo também. E faço uma leve fitagem, tendo ajuda de um pente largo ou uma escova com as cerdas bem separadas.

O que sempre dá jeito no seu cabelo naqueles dias que ele não acorda muito feliz? Primeiro tento revitalizar os meus cachos, usando algum produto leve. Mas caso não consiga, faço um turbante ou algum penteado. Sempre me salvam e eu adoro!

Qual seu produtinho Garnier favorito? Com certeza o Creme pra Pentear Cachos Poderosos. Usei quando estava na transição e continuo usando até hoje! Outro produto que eu amo é o desodorante Bí-O Clarify Pantenol.

Conta pra gente do início ao fim como é aquele ritual de tratamento que deixa o seu cabelo incrível. Primeiro sempre uso um shampoo que limpe sem agredir os meus fios. Depois uso algum creme de tratamento que ajude a dar brilho nele e sempre uso condicionador no final. Essa parte é super importante porque é o condicionador que segura os nutrientes do tratamento! Depois sempre passo ou um óleo ou algum spray de hidratação antes de aplicar o creme pra pentear. Outra coisa que eu adoro é deixar o meu cabelo secar naturalmente. Assim vejo o efeito do tratamento melhor. Além do que, tenho a impressão que o cheiro do produto permanece por mais tempo.

Hidratação, nutrição ou reconstrução? Ihhh, pergunta difícil hein! Amo hidratação e nutrição, e a reconstrução tenho que usar pelo menos 1x ao mês para dar aquela carga de força no cabelo. Mas, talvez, nutrição seja a etapa que eu mais goste.

Qual foi a melhor fase do seu cabelo até hoje? A da transição, por incrível que pareça. Ali fui descobrindo uma nova Cris, uma nova mulher, fui me desafiando e testando coisas que nunca tinha ousado testar. Lembrar de como foi a minha decisão, lembrar de como foi o meu primeiro dedo de textura nova, lembrar como foi o meu primeiro corte e o tão desafiador big chop, me dá saudades e muito alegria.

Musas capilares inspiradoras? Taís Araújo, Maju Coutinho e a Dayse, uma amiga que passou pela transição e que foi a minha grande inspiração durante a fase.

Um Instagram que todo mundo que tem cabelo cacheado TEM QUE seguir! Vou indicar 10 igs que eu adoro: @daiannepossoly, @camilacvieira, @kinsleydeborrah, @melodyslife, @_aflav, @samaramoreirabreu, @bruurcosta, @souzzatati, @blogdalayana e @belitaraujo.

Você tem algum cuidado específico pra cuidar do seu tipo de cabelo? Uso pentes e escovas que sejam de madeira e/ou largas, uso cremes que protegem do calor, nunca durmo com o cabelo molhado ou úmido, ao amarrar não forço com o elástico ou prendedor e respeito ao máximo a vontade do meu cabelo, sem forçar algo que não é.

Publicado por: Ariel Cristina Borges 

Publicado em: Segunda-feira 29 de janeiro de 2018 - 17h27

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa
Ir para o topo