3 homens contaram pra gente quando perceberam que "vixe, tô apaixonado"

No começo é aquela coisa: a gente só tá conhecendo melhor a outra pessoa, sem pensar muito, até que chega uma hora que a gente já tá planejando o nosso futuro casamento, imaginando o nome dos filhos… Quando isso acontece é porque não restam mais dúvidas que a paixão te pegou e que, por mais que você queira escapar, não vai conseguir. E não é só a gente que “sofre” com isso não, viu? Prova viva são esses 3 homens que contaram pra gente o exato momento em que se deram conta de que eles tavam apaixonados pelas namoradas. Vem cá suspirar com a gente, vem!

  • Foi depois de uma cirurgia que a Laís fez que o Jony se deu conta do quanto gostava dela

    Foi depois de uma cirurgia que a Laís fez que o Jony se deu conta do quanto gostava dela

  • O Renan e a Bianca foram namoradinhos no colégio, se afastaram e depois acabaram se reaproximando. É o destino, né não?

    O Renan e a Bianca foram namoradinhos no colégio, se afastaram e depois acabaram se reaproximando. É o destino, né não?

  • O Matheus no começo só conseguia ver os defeitos da Natália - até que se deu conta que as qualidades eram BEM maiores

    O Matheus no começo só conseguia ver os defeitos da Natália - até que se deu conta que as qualidades eram BEM maiores

  • Foi depois de uma cirurgia que a Laís fez que o Jony se deu conta do quanto gostava dela
  • O Renan e a Bianca foram namoradinhos no colégio, se afastaram e depois acabaram se reaproximando. É o destino, né não?
  • O Matheus no começo só conseguia ver os defeitos da Natália - até que se deu conta que as qualidades eram BEM maiores

Jony Nascimento - No meio de uma chuvarada, parei pra pensar que eu tava fazendo tudo aquilo SÓ pra ficar com ela.

“A gente ficou a primeira vez no dia 08 de novembro de 2015 e, depois disso, continuamos ficando e nos conhecendo. Passamos a conversar todo dia, sair toda semana… Eu já tava sentindo que tava rolando alguma coisa a mais, mas, em janeiro de 2016, ela fez uma cirurgia um pouco delicada. Durante o repouso, eu passei a ir bastante na casa dela (com os pais dela lá, inclusive). Numa dessas vezes, eu saí de casa pra ir pra lá, o tempo tava fechado e esqueci o guarda-chuva. Quando entrei no trem, o mundo desabou. Foi no meio daquela chuvarada toda que eu me dei conta. Pensei: ‘Caramba! Eu to fazendo isso tudo só pra ficar com ela. Acho que gosto dela de verdade”. Depois disso, ficamos enrolando por mais 6 meses, só ficando, até que ela me pediu em namoro. Agora vamos comemorar 2 anos juntos, cheios de planos aí pela frente e amor pra dar”.

Renan Salles - “Ela me chamou pra passar carnaval com ela e fiquei todo derretido, igual um adolescente de 14 anos”

Nos conhecemos quando éramos crianças (estudamos na mesma escola em 2005/2006) e a gente teve um casinho de colégio. Aí depois a minha namorada (Bianca) saiu do colégio, se mudou e perdemos o contato. Depois de anos e anos eu me mudei pra um bairro próximo ao dela e ela precisou fazer alguma coisa relacionada a computador pro trabalho. Como ela tava muito longe da casa dela e eu morava mais perto, ela passou lá em casa pra usar a impressora e o computador. Dali a gente voltou a ser amigo. Depois de quase 2 anos dessa amizade, a gente se beijou.

Eu sou péssimo pra reparar as coisas, mas descobri que tava apaixonado quando ela me chamou pra passar carnaval com ela. A gente tinha começado a ficar em janeiro e até então ela tava meio pé atrás. Aí ela me chamou e me jogou um peso muito grande, falando que eu ia passar carnaval com a segunda família dela (que é a da melhor amiga), que isso e aquilo… Eu falei: “to apaixonado por essa mulher”. No dia que ela me chamou, eu fiquei todo derretido, acho que nem acreditei. Igual um adolescente de 14 anos”.

Matheus Nunes - Éramos melhores amigos, nos afastamos e, quando voltamos a nos falar, vi o quanto ela era maravilhosa

“Conheci a Natália quanto tinha 10 anos de idade, mas só fui gostar dela com uns 19 anos. Ela sempre foi uma das minhas melhores amigas, eu até contava das meninas que gostava. Eu lembro que a gente tava um pouco afastado, mesmo depois do falecimento do pai dela. Aí teve um dia, em outubro, que comecei a conversar de novo com ela. Não lembro quando exatamente, mas, conversando com ela, pensei: ‘Cara, como essa menina é MARAVILHOSA. Não sei por que raios fiquei tanto tempo longe dela’. Ela sempre teve perto de mim, mas eu só via os defeitos, as coisas que eu não gostava - só que ela tem muito, muito, MUITO mais virtudes. A partir daí comecei a gostar dela e a querer ela por perto novamente.

Isso foi no final de 2014. Em 2015, quando a gente foi pra casa de praia de uns amigos, pegamos uma amizade mais forte. Foi quando a gente decidiu voltar a ser melhores amigos de verdade. No último dia 09 de setembro eu pude falar com ela e assumimos um namoro.”

Se apaixonar é uma coisa muito gostosa, né? Principalmente quando é à primeira vista. Dá só uma olhada nesses penteados lacradores que você pode usar num primeiro encontro e que vão fazer qualquer boy tombar o queixo!

Publicado por: Carolina Prado

Publicado em: Quarta-feira 01 de novembro de 2017 - 17h39

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa

#GarnierBrasil

GarnierBrasil
Ir para o topo