"Meu cabelo era liso natural e, do nada, ficou cacheado": vem saber o que aconteceu com a Diandra!

Que a gente muda totalmente da infância pra vida adulta todo mundo concorda, né? Quando se trata de cabelo, a coisa mais normal do mundo é ouvir que os fios ficaram mais grossos e pesados, com cara de cabelo de adulto mesmo, mas quem nasce de cabelo liso continua com ele pra sempre, certo? Não a Diandra! Essa linda passou basicamente por uma transição capilar sem ter usado química nas madeixas: quando era criança, ela era lisa e loira e, agora, virou cacheada e morena. Vem ver a história que ela contou pra gente!

  • Olha esse cabelo escorrido, produção!

    Olha esse cabelo escorrido, produção!

  • Hoje em dia, o cabelo da Diandra ficou assim: mega cacheado!

    Hoje em dia, o cabelo da Diandra ficou assim: mega cacheado!

  • Os cachinhos dela apareceram AINDA MAIS depois desse corte, né não?

    Os cachinhos dela apareceram AINDA MAIS depois desse corte, né não?

  • Olha esse cabelo escorrido, produção!
  • Hoje em dia, o cabelo da Diandra ficou assim: mega cacheado!
  • Os cachinhos dela apareceram AINDA MAIS depois desse corte, né não?

“Quando eu era criança, meu cabelo era totalmente liso, daqueles que eram até difíceis de segurar as presilhas e eu era loira. Com o passar do tempo meu cabelo foi escurecendo e hoje é castanho, mas isso é genético: meus irmãos passaram pelo mesmo e também ficaram com a cor diferente. Até mais ou menos os 10 anos, só lembro de usar o cabelo liso num chanel bem curtinho. A textura dele começou a mudar quando eu tinha 12 anos e passou do liso pro ondulado. Também foi nessa época que eu mudei o corte do chanel pro em V, que ficava melhor no cabelo com ondas.

Com 13 anos, eu precisei cortar o cabelo bem curtinho de novo porque cortei com uma amiga da minha mãe que ainda estava aprendendo e ela fez um estrago! Precisei ir em outro lugar pra consertar e, a partir daí, depois de diminuir muito o comprimento, ele começou a crescer com mais curvas até cachear totalmente, como é agora, que já tenho 23 anos.  

Eu confesso que, no começo, eu não sabia lidar muito bem com o meu cabelo cacheado. Cheguei a ficar até com raiva por um tempo porque os fios ficaram muito ressecados. Por causa disso, passei a usar ele só preso. A minha mãe comprava qualquer shampoo que vinha escrito que era para cachos e, até os 16 anos, meu cabelo nunca ficava hidratado. Quando comecei a faculdade, conheci e fui conversando com outras pessoas que também tinham cabelos cacheados. Eram totalmente diferentes dos meus: os delas eram lindos, nutridos e definidos. Eu quis saber como elas faziam pra deixar daquele jeito e foi por aí que comecei a cuidar de verdade. Passei a fazer hidratação e umectação com frequência e as coisas começaram a melhorar.

Hoje em dia posso dizer que ainda estou me acostumando com os cabelos cacheados. Comecei a manter uma rotina de cuidados regular e, de uns três anos pra cá, passei a realmente amar o meu cabelo. Nós dois ainda estamos na fase do primeiro amor, então cada dia é um dia novo pra eu aprender a lidar com os cachinhos. Às vezes ele se chateia e me deixa na mão, mas eu já conheço uns truques pra fazer tudo voltar ao normal: ele fica alegre, eu também e assim a gente vai vivendo!”

Diandra Coutinho, 23 anos
Manaus - AM

Publicado em: Sexta-feira 19 de maio de 2017 - 14h43

Destaques da Semana

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

  • Me Achando
  • De Boas
  • Precisando de uma força
  • Tensa
Ir para o topo