Beleza e atitude para arrasar todo dia

Um pouquinho de ciúme é bom pra relação ou isso é papo de ciumento?

Tá na dúvida se o ciuminho tá sendo bom ou ruim? É melhor descobrir isso enquanto é tempo, ein?!

Tá na dúvida se o ciuminho tá sendo bom ou ruim? É melhor descobrir isso enquanto é tempo, ein?!

Já teve aquela pontinha de ciúme quando a amiga do boy ligou pra ele? Ou quando ele disse que ia sair com os amigos sem você? Se já, você tem grandes chances de ser uma gatinha ciumenta, mas pera lá… nem todo ciuminho é tão ruim assim, né? Conversamos com uma psicóloga pra entender até que ponto ele faz mal pra gente e pra quem a gente gosta. Dá uma conferida!

Se liga em como descobrir se você é uma ciumenta de carteirinha

.

Toda vez que surge uma pontinha de ciúme você fica com medo de ser "A" paranoica? Nem sempre, amiga, às vezes você tá só cuidando do que é seu. Mas como saber medir isso? A psicóloga Adriana Cunha explica: “Se você sente ciúme em um determinado relacionamento ou situação, então você 'ESTÁ e não É' uma pessoa ciumenta. Se você sente constantemente a presença de uma ameaça em todos os relacionamentos, então, possivelmente, você "É" uma pessoa ciumenta”. Então bora lá pensar sobre como você sempre se sentiu nos seus relacionamentos e, se a resposta for SOU ciumenta, não precisa ter vergonha, tá?! A gente vai te contar como superar ;)

Ciúme do bem: sim isso existe!

.

A Dra Adriana explicou pra gente que ciúme pode ser do bem, sabia? Mas nem vai se animando em começar um barraco porque pra ser bom ele precisa provocar mudanças em VOCÊ primeiro: “Se diante de uma possível perda, você reage transformando isso em um impulso pra mudanças positivas, como ser uma pessoa mais amável, então esse ciúme ainda é saudável e pode te fazer uma pessoa mais segura, realizada e feliz”, explicou a psicóloga. E, quem diria, o ciúme do bem pode até dar uma forcinha pro casal: “Ele traz um estado de atenção, capaz de gerar cuidado, proteção, vontade de seduzir, surpreender e conquistar a outra pessoa diariamente”, contou ela.

Ciúme do mal: o que coloca você e a sua relação pra baixo

.

Essa história de que briga de ciúmes serve pra dar uma esquentada no relacionamento é balela. Se o negócio chega em uma briga, é porque um de vocês já perdeu a confiança no outro e logo logo a coisa toda vai descambar pro desrespeito. Pensa só: qual o sentido de ficar com uma pessoa que desconfia que você pode estar enganando e mentindo descaradamente pelas costas dela? Nenhum, né, miga. Isso quer dizer que ele não conhece nadica de você ou do seu caráter. Anota aí: se ele te persegue, faz interrogatórios e fuça suas redes sociais, pula fora! Você merece um amor mais tranquilo que isso =)

Maaas se essa ciumeira toda vem do SEU lado, vamos consertar isso aí antes de perder o boy? Porque a não ser que você namore um canalha (aí já era pra ter terminado faz tempo, né), lá no fundo você sabe que esse monte de desconfianças só faz mal pra vocês.

Psicóloga ensina a dar um chega pra lá no ciúme

Pra psicóloga Adriana, uma forma de identificar o ciúme do mal é ver se ele te faz ter reações que normalmente você não teria. “Quando perdemos os limites, é porque esse processo está errado. Precisamos ter o hábito de questionar nossos pensamentos e investigar a origem deles", conta. Entendeu, né? Nada de fazer a loka - o negócio é parar pra pensar e colocar essa cabecinha em ordem antes de falar ou fazer qualquer coisa. A gente ga-ran-te que isso só vai trazer felicidade pra você e pra quem tá do seu lado.


Agora que o ciuminho não vai mais fazer você perder os cabelos, que tal dar uma olhada nos 5 mitos sobre queda capilar e deixar esse fantasminha longe de você? Clica aqui pra conferir!

Destaques da Semana

ARRASO DA SEMANA

ARRASO DA SEMANA

ARRASO DA SEMANA

RAFAELLA SANTOS E A DEFINIÇÃO DE DIVA!

PARA TUDO porque o lacre tá que tá nesse Arraso da Semana! A Rafaella Santos (@ra.ffinha) é a definição de lindeza e deixou todo mundo por aqui de cara desde a primeira foto! A gente bateu um papo pra saber como é a rotina de tratamentos do cabelo dela no dia a dia e os cuidados que ela tinha quando usava os cachos...

ADORAMOS!

Colocar box braids já é fazer uma transformação, mas quem disse que não podem rolar uns penteados também? A Sindy apenas LACROU com esse semipreso + bandana!

Uma foto publicada por s i n d y m a t o s (@eusindymatos) em

Como estou me sentindo hoje?

Escolha o seu humor do dia e veja as dicas para ficar sempre pronta!

#GarnierBrasil

Facebook
Instagram
Twitter
Youtube
GarnierBrasil
Ir para o topo